Fotografia performática

Seguindo numa direção diferente daquela fotografia que adota o clique como um “congelador de momentos”, Ina Jang registra cenas cuidadosamente elaboradas que parecem estar paralizadas já há algum tempo. Definindo seu próprio trabalho como uma mistura entre design gráfico, escultura, desenho, arte performática e design de moda, Jang traz para o primeiro plano personagens excêntricas,…

Mural a duas mãos

Se alguma vez você já viu o trabalho de Judith Braun (aqui na Zupi, por exemplo), com certeza não se esqueceu dele. Isso porque a norte-americana tem o hábito de trocar os pincéis por seus próprios dedos na hora de criar obras hipnotizantes. A boa nova é que seu trabalho cresceu igualmente em escala e…

Virtuose fotorrealista

A onda dos hiper-realistas parece não ter fim, assim como sua técnica parece não conhecer mais limites. Pedro Campos é um desses fotorrealistas que desafiam constantemente nossa percepção: será mesmo que são pinturas? Feitas com tinta a óleo, as obras do madrileno são a pura demonstração de sua virtuosidade como pintor. É assim que Campos…

Cart

Quando os pais levam as crianças ao supermercado, elas descobrem um mundo repleto de vontades. O carrinho, que serve para guardar as compras, para os pequenos, é como um brinquedo que os leva para passear por corredores curiosos.     Inspirado neste contexto, o curta Cart, dirigido por Jesse Rosten, apresenta um carrinho de supermercado…

Música para os olhos

O bebop é um estilo de jazz surgido na década de 1940. Combinando velocidade rítmica, virtuosidade instrumental e improvisação, firmou-se como uma influência seminal para as vertentes de jazz que surgiram depois. Como bom fã, Olivier Bonhomme desenvolveu uma série de ilustrações onde capta todo o movimento e a agitação do estilo. Em Acid Jazz…